IMG_1429.jpg

Ficha Técnica

Direção Artística e Idealização: Alessandra Leão
Produção Musical: Alessandra Leão e Caê Rolfsen
Capa: Juliana Godoy
Making off e finalização da capa: Gabriel Quintão
Fotografias: Bia Varella
Projeto gráfico: Vânia Medeiros
Direção de arte: Juliana Godoy, Marcelo Gandhi e Alessandra Leão
Cenografia: Juliana Godoy
Máscara: Juliana Godoy, Marcelo Gandhi e Alessandra Leão
Figurino: Acre Recife, Juliana Godoy e Alessandra Leão
Costureira: Amandine Castillon

Gravado, mixado e masterizado no YB Studios (São Paulo, SP)
Técnico de gravação, mixagem e masterização: Carlos "Cacá" Lima
Assistente de gravação: Fred Pacheco
Gravações adicionais e edições: Ori Music Lab
Técnico de gravação e edição: Caê Rolfsen
Assistente de gravação dos coros e da faixa 14: Bruno Prado
Direção de gravação de voz (faixas 1, 9, 10, 11 e 12): Juçara Marçal
Produção Executiva: Alessandra Leão, Júlia Carlos e Pedro Barreira
Produzido entre setembro de 2018 e março de 2019
Produção fonográfica: Garganta Records
Edição e Sincronização: YB Music


Firmei meu ponto

por Alessandra Leão, filha de Yemanjá e Ogum

macumbeira e catimbozeira

IMG_1657.jpg

Gosto - sempre gostei - dos caminhos de cada um para chegar ao sagrado. Gosto das suas infinitas possibilidades e nomes e rituais e músicas. Gosto como cada um muda a forma, a cor, o nome, o cheiro, do que lhe é sagrado. O sagrado no divino, o sagrado no outro, o sagrado no gesto, na comida, no movimento, no corpo, na festa, na rua, no silêncio e no som.

Nasci em Recife, Pernambuco, Nordeste do Brasil, numa família católica como religião, Kardecista por filosofia e prática. Estudei em colégios católicos, convivi com freiras e padres, fui batizada, fiz primeira comunhão, li trechos da Bíblia, comunguei, assisti a um número incontável de missas e gostava da “hora da música”. Lembro de, com 8 ou 9 anos, estar angustiada procurando um brinquedo muito querido e começar a cantar “Jesus está aqui, aleluia / Tão certo como o ar que eu respiro”. Seguir na busca cantando foi menos angustiante. Ouvia de vovó Bessinha trechos de livros psicografados, escritos por espíritos desencarnados através de médiuns encarnados. Ia com meus pais ao centro espírita, tomar passe e assistir as palestras, dormi um incontável número de vezes durante as reuniões e aprendi que isso, às vezes, também faz parte do trabalho. Ouvia histórias de visões, escutas e recados vindos de um mundo invisível para mim, mas que me faziam muito sentido. Vi uma tia avó, uma senhora branquinha, filha de inglês, incorporar caboclos em meio ao chá da tarde e dar passes quando era preciso.

Continue lendo…

IMG_2715-Edit.jpg
Macumbas_CAPALivro.jpg

MACUMBAS E CATIMBÓS

por Juliana Prado Godoy

de Iemanjá e Oxóssi, das águas e das matas

filha, devota e macumbeira.

Essa capa é um caminho, um processo a tantas mãos e tantos mundos, como Alessandra Leão diz sempre sobre o disco e da forma como ela me chamou para compor a arte dele. Desde sempre foi sobre camadas, sobre vozes se entrelaçando e se compondo para formar mensagens e imagens, tantas delas que nem sabíamos que viriam, tantas outras que foram assopradas em nossos ouvidos, mas não eram nossas, eram de outros lugares.

Veio dessa foto, de um lugar que descobrimos, tão perto de São Paulo, mas que nos levou para além. De encontrarmos a paleta de cores, que há quase um ano eu já havia mostrado, numa foto que Ale tirou de Dona Alaíde de Benedito Fumaça, em frente ao seu terreiro em Caruaru. Era uma casa pequena, a parede rosa, aquela textura e sensação de cal antigo, manchado, as marcas do tempo, os musgos subindo, o contraste que poderíamos alcançar com vegetação sobreposta a ela. Lembro de olhar pra foto e dizer “Está aqui, é o caminho!”. E foi mesmo. Ele apareceu pra gente, logo que voltamos para aquele lugar fazer as fotos, e dali veio tudo que criamos juntos naquele dia. Da junção de tantas pessoas incríveis e talentosas, num exercício de escuta para além do que éramos. Nesse caminho estávamos juntos: Marcelo Gandhi com quem faço a direção de arte, também junto de Alessandra Leão, Bia Varella que fez as fotos tão delicadas e precisas e, Gabriel Quintão, que registrou tudo e depois me auxiliou imensamente a finalizar esse processo.

Continue lendo…

 

 
IMG_2212.jpg